Informar bem é o nosso compromisso!

quinta-feira, 18 de julho de 2013

O Folheto, São Pedro da Água Branca – Ma, 18 de Julho de 2013, Ano 02, 13:21hs

Imperatriz e São Luís são as cidades mais perigosas para jovens no Maranhão


                           Tabela de número de homicídio de 2009 a 2011

A violência contra os jovens brasileiros aumentou nas últimas três décadas de acordo com o Mapa da Violência 2013: Homicídio e Juventude no Brasil, publicado nesta quinta-feira (18/7) pelo Centro de Estudos Latino-Americanos (Cebela), com dados do Subsistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde. Entre 1980 e 2011, as mortes não naturais e violentas de jovens – como acidentes, homicídio ou suicídio – cresceram 207,9%. Se forem considerados só os homicídios, o aumento chega a 326,1%. Dos cerca de 34,5 milhões de pessoas entre 14 e 25 anos, em 2011, 73,2% morreram de forma violenta. Na década de 1980, o percentual era 52,9%.

No Maranhão a cidade com maior taxa de crimes contra jovens é Imperatriz. O município da Região Tocantina teve uma taxa de 91,1 jovens mortos para cada 100 mil em 2011. Nacionalmente a cidade ocupa a posição de número 106. São Luís ficou em segundo lugar no estado, e na posição 110 nacionalmente, com 89,6 jovens mortos para cada 100 mil. Apesar do crescimento nacional, a violência contra os jovens decresceu nos últimos três anos nas duas principais cidades do estado.
Com informações do Jornal O imparcial
Postado por prof: Gilvan

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

  ©Blog O folheto - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo