domingo, 30 de agosto de 2015

Homem confessa que estuprou e matou uma criança de 12 anos

Alcino Vilarim relatou que era vizinho da vítima e planejou sozinho o crime
Estupro
Um homem identificado como Alcino Vilarim de Oliveira, de 44 anos, confessou a polícia que estuprou e matou uma criança de 12 anos identificada como Kaylany, na madrugada deste domingo, dia 30, na cidade de Imperatriz. De acordo com a polícia, após ser preso, Alcino contou que era vizinho da vítima e contou friamente detalhes de como fez com a criança, desde o facão que usou para cometer o crime, aos abusos sexual.
Assim que o caso foi descoberto, populares ficaram revoltados com o assassinato e
Estupro em Imperatriz
atearam fogo na casa do autor autor do crime. A polícia ainda informou que a criança estava desaparecida desde a noite de sábado. O corpo foi encontrado na rua Airton Sena, próximo a Avenida JK, uma das mais movimentadas da cidade.
Na casa do acusado, a policia encontrou uma lista com nomes de mulheres, que Alcino chamou de ‘harém’. Alcino Vilarim não tem passagem pela polícia.
A poícia continua investiganbdo o caso.
Por profº. Gilvan

Nenhum comentário:

Postar um comentário