Blog Sílvia Tereza, com edição – O ex-deputado Domingos Dutra (SDD) reapareceu na mídia com suas pérolas que provocam boas gargalhadas. Ele, que é declarado pré-candidato a prefeito de Paço do Lumiar, foi o entrevistado desta terça-ferira (01) do programa Avesso, comandado pelo jornalista Américo Azevedo na TV Guará. Sobre o troca-troca partidário, o ex-petista não se conteve e mandou ver para cima dos políticos, que eram do grupo Sarney, e, por oportunismo, estão se passando para a atual base governista.
“Sob o ponto de vista político, eu vejo uma transição não muito do meu agrado. Por que eu to vendo que os rabujos da família Sarney, os prefeitos que estavam no quintal de Sarney, que apoiaram Edinho Lobão até o final, estão migrando para os partidos que hoje estão na base de apoio a Flávio Dino”, disparou o desbocado Domingos Dutra. Um exemplo é o PSDB, que vem recebendo boa parte de políticos que até pouco tempo faziam parte da cozinha oligarquia Sarney.
O ex-deputado fez uma análise otimista do governo estadual, reconhecendo as dificuldades perante o momento de crise generalizada. Disse que o governador do Maranhão,  Flávio Dino (PCdoB), recebeu um Estado destroçado e, mesmo assim, está fazendo coisas muito positivas. “Agora estamos nessa transição com o Flávio Dino, que faz o que pode. O país vive uma crise grave que repercute em estados pobres como o Maranhão”, comentou.
Analisando o cenário oficial, Dutra disse ainda que o atual governo recebeu um caos administrativo da gestão anterior. “Flávio recebeu da governadora Roseana Sarney um Estado quebrado, fruto de um governo familiar. Agora nós estamos vendo, através da Secretaria de Transparência e Controle, o caos administrativo e financeiro deixado em várias áreas”, afirmou.
VEJA O QUE DISSE DUTRA SOBRE:
Política, políticos e partidos…
“Na hora que a gente vê partidos como PSDB, que estão sendo refúgio dos rabujos da família Sarney, eu recorro novamente ao Jackson Lago. Na eleição de 2006, houve uma briga generalizada dos partidos que apoiavam o então governador, quando chegou na cassação ninguém estava lá pra defender o Jackson”.
“O PC do B, por enquanto, está muito contido. Eu não vejo, no partido, essa corrida em busca de prefeitos. Eu vejo, sim, no PSDB. E na minha visão se antecipou a disputa de governador, de senador e até deputado federal. Tá todo mundo já organizando sua moquecazinha para a disputa de 2018. Ao invés de tá todo mundo se esforçando para tirar o Maranhão da crise, diante da crise nacional, das dificuldades que Flávio Dino encontrou. Já anteciparam foram as disputas pelo voto em 2018”.
Conjunturas partidárias
“Se não tiver um nome forte no PT, o PSDB quebra, pode rachar até em três: o Alckmin pode ir pro PSB, o Serra pro PMDB e aqui no Maranhão não vejo como o PSDB estar com o Flávio Dino”.
São Pedro Água Branca
Em São Pedro da Água Branca os velhos políticos "carcamanjos', que a anos apoiam e defendem a Família Sarney,  que se posicionaram contra Flávio Dino e contra Jaksom Lago em todas as eleições que estes disputaram no maranhão; agora correm atrás do Governador já eleito querendo apoio, objetivando ficar a frente da gestão municipal e continuar dessa forma maltratando o povo.
Postado por profº. Gilvan