Informar bem é o nosso compromisso!

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

A PEDIDO DA VALE, EMPRESA SEMEAR AMBIENTAL PROMOVE ENCONTRO COM BANDEQUEIRAS DE SÃO PEDRO DA ÁGUA BRANCA


Consultores de Campo da Empresa Semear Ambiental reuniram - se hoje(21/08) pela parte da noite no CE Henrique de La Roque, com as comerciantes ambulantes mais conhecidas popularmente por “Bandequeiras”.   A reunião que começou impreterivelmente às 19hs durou cerca de duas horas e contou com três consultoras da Empresa, que falaram para cerca de 45 mulheres que atenderam ao convite.  

A Empresa Semear Ambiental, a pedido da VALE, vem fazendo um trabalho de levantamento do perfil e a quantidades de pessoas que sobrevivem do comércio ambulante nos entornos da Ferrovia Serra dos Carajás, o intuito é fazer um diagnóstico da situação para através de uma visão geral da empresa VALE, esta possa fazer uma intervenção que venha a apontar novos caminhos para essas pessoas, diferentes da realidade atual. 
  
O trabalho de campo das consultoras da Semear junto aos vendedores ambulantes de São Pedro da Água Branca, vai permanecer por um período de oito meses, tempo no qual será realizado vários encontros com palestras e dinâmicas de grupo.
                                 
A Semear é uma empresa jovem de prestação de serviços na área ambiental, que prioriza a inovação tecnológica, a qualidade e agilidade no atendimento e a criação de soluções integradas adaptadas ás necessidades dos clientes.

Inicialmente, a Semear atuava na criação/execução de projetos de arborização e paisagismo, manutenção de áreas verdes e poda especializada de árvores. Aos poucos foi ampliado o leque de serviços, até se transformar em provedora de soluções integradas na área ambiental.

Na reunião de hoje, estiveram presentes as Consultoras: Elane Dantas, Ileide Oliveira e Sandra Costa de Carvalho.

                                                                    As Mulheres ouviram atentamente a palestra!
Por prof: Gilvan

Leia Mais >>

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Votação do pedido de afastamento do prefeito e instauração de uma CPI para investigar irregularidades na prefeitura de São Pedro da Água Branca foi adiada para o dia 25/08 por consenso dos vereadores

Maioria de vereadores quer afastamento do prefeito e instaurar uma CPI para investigar gestão Vanderlúcio
                           
Na Sessão ocorrida no dia(18/08), foi votado e aprovado por unanimidade, A Lei de Diretrizes Orçamentárias do Orçamento Municipal do ano 2015. Com isso, a representação por infração político administrativa protocolado na Câmara pela Vereadora Drª Lillian, e assinadas também, pelos Vereadores Sônia Maria e Chiquin da Van, ficou para ser votada na próxima Sessão da casa.

As fraudes nas licitações e contratos com empresas fantasmas foram alvos mais uma vez dos questionamentos da vereadora Drª. Lillian Gonçalves, em pronunciamento nesta segunda - feira (18) na tribuna da Câmara Municipal de São Pedro da Água Branca. A parlamentar afirmou que há inúmeras irregularidades na maioria dos processos licitatórios da prefeitura, sendo que a própria Comissão que comanda este processo não apresenta mais legitimidade diante de todas as denúncias de irregularidades já apontadas. Lillian propôs a todos os vereadores união para juntos afastarem Vanderlúcio por 120 dias da prefeitura de São Pedro da Água Branca e instaurar uma Comissão Parlamentar de Inquérito(CPI) para apurar as denúncias.

Drª Lillian agradeceu ao grupo #ACORDASÃOPEDRO por ter ajudado nas investigações que resultaram na formulação das denúncias protocoladas na Câmara, agradeceu também o vereador Chiquin da Van e a vereadora Sônia Maria por todos estarem juntos e terem assinado a representação por infração político administrativa que aponta as irregularidades na gestão municipal, que ela protocolou na Câmara no dia 08/08. Segundo a parlamentar, a Câmara Municipal tem obrigação de exercer seu papel de fiscalizadora do Poder Executivo. Ela cobrou um posicionamento firme da casa legislativa que deve dar uma resposta satisfatória ao clamor da sociedade.

“Estou entrando com denúncia por Infração Político Administrativa com pedido de afastamento do Prefeito Vanderlúcio por 90 dias da prefeitura e instauração de uma CPI da corrupção pra investigar a gestão atual, assinada também pelos meus colegas vereadores, Sônia Maria e Chiquin da Van, Peço apoio aos demais vereadores para que haja respostas ao clamor popular. CPI é um instrumento legítimo do Parlamento da Câmara, caso após as investigações as denúncias sejam comprovadas, o Prefeito terá seu mandato cassado por esta casa através de decreto legislativo. fico feliz, por ver que agora existe um consenso da maioria dos vereadores para juntos darmos um basta nesta vergonhosa situação.”,afirmou a Vereadora Drª Lillian.

Fala de outros vereadores:

O vereador Chiquin antecipou logo o seu voto!
“ Eu sou a favor do afastamento do prefeito e instauração de uma CPI, contem comigo”.

Para o vereador Gildeon a reclamação é geral!
"São Pedro e o Povoado do Primeiro Cocal clamam por uma solução.  Demos um prazo para o prefeito de 120 dias e o prazo acabou, estamos aqui agora para resolvermos o problema e buscarmos melhoria para todos".

Para a vereadora Sônia Maria o prefeito não tem vergonha na cara!
“A saúde, a educação, obras inacabadas, o município pede socorro. Estou muito feliz por estar assinando juntamente com o Vereador Chiquin da Van a representação protocolada na Câmara pela Drª Lillian, que pede o afastamento de Vanderlúcio e instauração de uma CPI. Esse prefeito não respeita ninguém, nem mesmo sua própria família e meu voto é sim pelo seu afastamento".

Para o vereador Didi esse é o tempo certo  dos vereadores tomarem uma decisão a favor do interesse público.
"Tudo tem à hora certa. Não devemos agir apenas pela razão ou emoção! Todos têm o conhecimento da situação que São Pedro vem passando. Fomos escolhidos pra representarmos a população e se a Drª Lillian não apresentasse o pedido de investigação e afastamento do prefeito, nós da " situação" pediríamos. Vamos agora fazer justiça". Disse o vereador Didi. 

Para a vereadora Betânia a união faz a força!

"A casa está unida e eu sempre preguei a união! Eu sempre ajudei o prefeito mais ele não tem demonstrado preocupação com o povo. E essa casa com o apoio do povo vai tomar as providências para defender o interesse público".
Imagens da sessão










Quem pode vota contra ou a favor do afastamento do prefeito Vanderlúcio na próxima Sessão de Segunda- feira(25/08)?
            Foto: QUAL DESSES VEREADORES IRÁ  HONRAR O SEU VOTO AMANHÃ DEFENDENDO O QUE É CERTO?

Juramento dos Vereadores de Acordo Com o Regimento Interno da Câmara de Vereadores de São Pedro da Água Branca. Página 7, Cap. III, Art. 11.

Prometo cumprir a Constituição Federal, a Constituição Estadual, a Lei Orgânica do Municipal, observar as leis, desempenhar o mandato que me foi confiado e trabalhar pelo progresso do município e do seu povo.

Dia da diplomação dos  vereadores de São Pedro. Só alegria e promessas de honrar o mandato!
VEJA A POSIÇÃO DE CADA VEREADOR PARA VOTAÇÃO NA PRÓXIMA SESSÃO DE SEGUNDA – FEIRA(25/08)
Vereadora Drª Lillian
A favor do afastamento do prefeito do cargo por 90 dias e de instauração de uma CPI
Vereadora Betânia
A favor do afastamento do prefeito do cargo por 90 dias e de instauração de uma CPI
Vereadora Sônia Maria
A favor do afastamento do prefeito do cargo por 90 dias e de instauração de uma CPI
Vereador Chiquin da Van
A favor do afastamento do prefeito do cargo por 90 dias e de instauração de uma CPI
Vereador Didi
A favor do afastamento do prefeito do cargo por 90 dias e de instauração de uma CPI
Vereador Francildo Moura
A favor do afastamento do prefeito do cargo por 90 dias e de instauração de uma CPI
Vereador Francimar
A favor de instauração de uma CPI, porém é dúvida quanto o pedido de afastamento do prefeito do cargo por 90 dias
Vereador Gildeon
A favor de instauração de uma CPI, porém é dúvida quanto o pedido de afastamento do prefeito do cargo por 90 dias
Vereador Zé Lima
Até o momento é contra tudo
Informações obtidas a partir dos posicionamentos de cada vereador durante as sessões da Câmara.

Veja as acusações que o prefeito Vanderlúcio vai enfrentar se uma CPI for instaurada na Câmara de Vereadores de São Pedro da Água Branca 

- Desvio de finalidade dos convênios com o Ministério do Turismo;
- Abuso de poder;
- Por causar prejuízo ao patrimônio público;
- Por indício de desvio de recurso público;
- Por licitar e contratar empresa de “fachada”;
- Por atos de improbidade administrativa;
- Por infração à Lei de Licitações e Contratos;
- Por se omitir ao seu dever com a educação básica pública;
- Por se omitir ao seu dever com merenda escolar de qualidade;
- Por se omitir ao seu dever com a saúde pública;
- Por desmatamento da floresta de babaçual;
- Por Lavagem de dinheiro;
- Por superfaturaramento de obras e locação de veículos
- Por uso da estrutura e recursos públicos para favorecer particulares. 

Por prof: Gilvan

Leia Mais >>

sábado, 16 de agosto de 2014

Sindicato dos Trabalhadores em Serviços de Saúde pedirá bloqueio dos recursos do município de São Pedro da Água Branca para pagamento de salários


                         
SÃO PEDRO DA ÁGUA BRANCA - O SINDSAÚDE – Sindicato dos Trabalhadores em Serviços de Saúde do município de São Pedro da Água Branca, através do seu advogado, estará ingressando, com uma ação pública, objetivando o bloqueio de recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) do Município de São Pedro da Água Branca.
A medida tem por finalidade o pagamento de salários atrasados dos servidores da saúde de São Pedro, que sem uma  justificativa aceitável estão a quase dois meses sem receber.  Relatos de funcionários contratados demonstram uma situação até mais grave, isto porque alguns estão até quatro meses sem ver a cor do seu dinheiro.
Segundo a delegada representante do SINDSAÚDE em São Pedro da Água Branca, Dulciléia Pereira de Souza, a prefeitura não demonstrou motivos que justificassem o atraso no pagamento do funcionalismo público municipal, o que está motivando a propositura da ação junto a Justiça em defesa dos servidores municipais.  
Procurada por este blog pra falar sobre o assunto, a Presidente da Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores de São Pedro da Água Branca, a Vereadora Drª Lillian disse o seguinte: Considero que o não pagamento dos salários dos servidores municipais do nosso município fere o princípio da dignidade da pessoa humana e demonstra uma total falta de respeito com os trabalhados que servem no dia a dia a população são – pedrense. Na sessão desta segunda – feira vou cobrar uma atitude mais enérgica por parte do poder Legislativo Municipal sobre o assunto e desde já me coloco a inteira disposição de todos.
Clima de Indignação

Os funcionários que trabalham no setor da saúde do município de São Pedro, estão indignados diante dos comentários que circulam na cidade vindo de pessoas próximas ligadas ao Secretário de Finanças, Samuel Kesley, segundo estas fontes, o mesmo teria dito que não pagou até o momento os funcionários da saúde do município porque estes falam demais.
Por prof: Gilvan

Leia Mais >>

Flávio Dino vence no primeiro turno com 56%, aponta pesquisa Exata/TV Guará

A 50 dias das eleições de outubro, a TV Guará divulgou mais uma pesquisa de intenção de votos realizada no Maranhão. Flávio Dino aparece com 56% das intenções de voto, mantendo-se na liderança e confirmando a vitória no primeiro turno. O segundo colocado na pesquisa Exata/TV Guará é Lobão Filho (PMDB), que aparece com 26% dos votos.

Os candidatos Saulo Arcangeli (PSTU), Zeluis Lago (PPL) e Antônio Pedrosa (PSOL) têm 1% cada. Prof. Josivaldo (PCB) não pontuou. Brancos e nulos somam 8%. E 7% não souberam ou não responderam.
Com a vantagem de 30 pontos sobre o segundo colocado, Flávio Dino mantém a liderança já verificada nas pesquisas anteriores e venceria hoje no primeiro turno.
A pesquisa foi registrada sob protocolo MA-0035/2014 e ouviu 1.400 eleitores entre os dias 8 e 12 de agosto. A margem de erro é de 3,2 pontos para cima ou para baixo.


Pesquisas anteriores

Em todas as pesquisas de intenção de votos divulgadas até agora, Flávio Dino, candidato da Coligação Todos pelo Maranhão, está na liderança, seguido de Lobão Filho, candidato da Coligação Pra Frente Maranhão.
Pesquisas já realizadas pelo Instituto Amostragem/Jornal Pequeno, DataM/Atos e Fatos e Exata/TV Guará mostraram Flávio Dino mantendo a liderança com 54%, 58% e 54%, respectivamente.
Na pesquisa Exata divulgada hoje, Flávio aparece com um crescimento de 2 pontos, confirmando que continua conquistando cada vez mais eleitores em todo o Maranhão.

Debate

Na próxima segunda-feira, dia 18, a TV Guará promove debate entre candidatos ao governo do Estado, a partir das 22h.
Por prof: Gilvan

Leia Mais >>

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

ESCOLA QUE CUSTOU A VALE "CINCO MINHÕES" DE REAIS NÃO VEM TENDO AULAS NORMAIS POR CONTA DE PROBLEMAS TÉCNICOS QUE CUSTAM MENOS DE “DOIS MIL REAIS"

Professores procuraram o Ministério Público de São Pedro da Água Branca pra denunciar o problema

No dia da foto todos queriam "aparecer", na hora de resolver o problema todos querem "desaparecer".

Professores e alunos das Escolas Centro de Ensino Municipal Henrique de La Roque e Centro de Ensino Henrique de La Roque (Ensino Médio), estão passando por problemas em seu ambiente de trabalho que vêm atrapalhando o desenvolvimento das atividades em sala de aula, e conseqüentemente prejudicando o bom desempenho da aprendizagem dos alunos.

Os problemas são:
            
          * Mau cheiro em toda a escola, proveniente da fossa, que pode causar doenças graves;
             * Falta de água nos bebedouros;
            
Após 15 meses reformando a escola onde atualmente estudam os alunos do CEM Henrique de La Roque e CE Henrique de La Roque do Município de São Pedro da Água Branca, a Empresa VALE entregou o prédio em um ato cerimonial a sociedade são – pedrense no dia 06/06/2014 por volta das 15hs da tarde. O evento contou com a presença de várias autoridades, dentre elas estavam:

Vanderlucio Simão Ribeiro - Prefeito de São Pedro, Gilsimar Ferreira Pereira o Vice - Prefeito de São Pedro, Ivan do Nascimento Torres - Secretário de Educação, Francisco Taveira Peixoto - Secretário de Saúde, Geraldo -  Secretário de AdmininistraçãoMaria Luisa Oliveira - Gestora de Educação da UREA, Genilson Rodrigues dos Santos - Diretor de Educação da UREA, Paulo Henrique Martins – Gerente de Manutenção de Via Permanente da Estrada de Ferro Carajás Regional II, Gustavo Belesa – Gerente de Relacionamento Com Comunidades da VALE, Janaína Pinheiro – Gerente de Recursos Humanos da VALE, Elieze - Relação Comunidade, Luciana - RH, Maria Ieda Sousa de Araújo – Gestora Geral do CE Henrique de La Roque, Gilvan Alves Pereira – Gestor Auxiliar do CE Henrique de La Roque, Amilton Carlos da Silva Costa - Gestor Geral do CEM Henrique de La Roque, representantes do Grêmio Estudantil da Escolaprofessorespais de alunos, entre outros.

“Atualmente a escola possui um corpo administrativo que responde pela mesma, que vai desde o Diretor da escola até o próprio Secretário de Educação do Município, o que se nota, no entanto, é que alguns problemas vêm persistindo e os responsáveis não tem demonstrado empenho para encontrar uma solução para as várias questões apresentadas”, disse um professor que não quis se identificar.

No dia 13 de agosto do ano 2014 às 10h45min, estiveram reunidos professores, alunos representantes das turmas e a direção da Escola CEM  Henrique de La Roque para buscarem juntos soluções que normalizassem as atividades diárias das aulas. 

Na reunião ficou acertada uma outra reunião urgente no dia 14/08/2014 com a presença do Secretário de Educação do Município, que na reunião previamente agendada com os professores não compareceu para ouvir ar reivindicações apresentadas pelos educadores da escola, fato esse que causou muita indignação a todos

“Diante da ausência do secretário de educação para ouvir os argumentos dos professores e alunos e apresentar uma proposta que venha a contemplar a resolução dos problemas aqui já relatados, não restou outra saída se não procurarmos a via judicial”, disse um professor que participou da reunião.
             
Um grupo de professores procurou hoje pela parte da tarde o Ministério Público de São Pedro da Água Branca, o objetivo foi denunciar à problemática a promotoria e pedir a intermediação do órgão para resolver o problema junto as partes responsáveis pela a escola.
Postado por prof: Gilvan              

Leia Mais >>

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Em evento político prefeito e vice - prefeito de São Pedro da Água Branca omitem em discurso uso de empresas de fachadas para desviar recursos públicos do município

 

Deputado Federal Davi Júnior ao lado do prefeito que é acusado de comandar um esquema criminoso em São Pedro da Água Branca que envolve empresas fantasmas, enriquecimento ilícito, lavagem de dinheiro e fraudes de processos licitatórios.

Em evento político realizado nesta segunda – feira(11/08) pela manhã e tarde, prefeito Vanderlúcio Simão Ribeiro(PMDB) e Vice Pelezinho, disseram em discurso serem vítimas de perseguição política, mas não falaram ao público presente que Vanderlúcio possui empresas de fachadas em nomes de parentes e laranjas que são usadas para desviar recursos públicos do município.

Por conta das inúmeras irregularidades na gestão municipal a Vereadora Drª Lillian, protocolou pedido de afastamento do prefeito Vanderlúcio na Câmara de Vereadores no dia 05/05 deste ano, e no dia 12/05 foi submetido à apreciação  do Poder Legislativo, na oportunidade o pedido foi negado por votação dos vereadores da base aliada(Didi, Gildeon, Zé Lima, Francido, Francimar), que se posicionaram através do voto imediatamente contra a qualquer espécie de afastamento ou investigação do prefeito Vanderlúcio.

Na tarde desta sexta-feira 08/08, por volta das 13hs, a Vereadora Drª Lillian(PP), protocolou  junto a Câmara de Vereadores de São Pedro da Água Branca, um outro pedido de afastamento do prefeito Vanderlúcio Simão Ribeiro, por conta das infinitas denúncias já feitas por ela mesma e outras que pesam contra a atual administração.

A peça da nova denúncia pede o afastamento de Vanderlúcio para que aconteçam as devidas investigações das várias irregularidades apontadas, dentre elas:

- Desvio de finalidade dos convênios com o Ministério do Turismo;
- Abuso de poder;
- Por causar prejuízo ao patrimônio público;
- Por indício de desvio de recurso público;
- Por licitar e contratar empresa de “fachada”;
- Por atos de improbidade administrativa;
- Por infração à Lei de Licitações e Contratos;
- Por se omitir ao seu dever com a educação básica pública;
- Por se omitir ao seu dever com merenda escolar de qualidade;
- Por se omitir ao seu dever com a saúde pública;
- Por desmatamento da floresta de babaçual;
- Por Lavagem de dinheiro;
- Por uso da estrutura e recursos públicos para favorecer particulares. 
A peça de denúncia possui ao todo, mais de 800(oitocentas) páginas, sendo que o texto que formula a denúncia apresenta 12(doze) páginas.

Deputado Davi Alves Júnior envia recursos para São Pedro da Água Branca, mas não fiscaliza a correta aplicação

A “Praça da Juventude”, localizada no antigo campo de futebol, quando foi anunciada a sua construção, recebeu pompa de ponto turístico no município. Integrava a lista de lugares agradáveis da cidade para reunir os filhos pequenos para brincar e para prática de esportes para toda faixa etária. Seria um bom local para soltar pipas e namorar.

Hoje, a Praça está esquecida, ainda é possível ver pessoas caminhando pelo local, mas não em grande número como no passado, quando era um campo de futebol. A insegurança foi a primeira a chegar e durante a noite, lá se concentram alguns consumidores de drogas e namoros proibidos para menores de 18 anos.

As salas são tomadas por urinas e fezes de animais. Segundo a comunidade, as salas se tornaram ponto de usuários de drogas e motel improvisado, pois homens, mulheres, jovens e adolescentes realizam seus desejos eróticos durante a noite em tamanha escuridão.

“Eles estão agindo sem pudor. Sexo, drogas e até magia negra está acontecendo aqui. Precisamos de trabalho competente e não somente tapar o buraco com a peneira”, disse um morador que mora por perto.
O problema também é visto em uma área onde é uma quadra. É possível ver uma série de preservativos e restos de materiais para embalar drogas.

Abandono – A Praça da Juventude é a única que teoricamente teria a estrutura ideal para prática de atividades recreativas e esportivas, mas a realidade é que a praça está incompleta. A falta de iluminação também é uma reclamação.

A limpeza da área de lazer também parece ter sido deixada de lado. O mau cheiro é sentido por quem passa na calçada. Usuários da praça lamentam o abandono. “Infelizmente tudo não passou de promessas, então não temos uma praça para praticar esportes na cidade. A praça está abandonada e não me sinto segura em vir aqui e nem trazer os meus filhos e netos”, disse uma usuária, que não quis se identificar.

A Praça também se encontra totalmente pichada, e necessita de uma grande e ampla reforma, isso mesmo antes de ser inaugurada.

A praça deveria ser composta por um campo de futebol society, quadra de vôlei de praia, quadra poliesportiva coberta, pista de caminhada, teatro de arena, pista de skate, centro de convivência (área coberta com sala de ginástica, espaço para a terceira idade, sala de reuniões, vestiário e administração), pista para salto, área de exercícios e um totem.

A praça da juventude de São Pedro da Água Branca é fruto do trabalho do Deputado Davi Júnior que, junto ao Ministério dos Esportes conseguiu liberar recursos na ordem de R$ 1,6 milhão para a execução da obra. Em 03/06/2010 foi lançada a pedra fundamental da obra, de lá para cá, O que se ver é uma obra mal planejada e o sumiço de parte dos recursos destinados a praça.

Maquete de como deveria ser a praça!



Realidade da praça contrasta com a maquete!





Por prof: Gilvan

Leia Mais >>

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Ex-prefeita de Penalva é acionada pelo MP por improbidade administrativa

A fraude no procedimento de licitação para execução de obras e serviços de engenharia para implantação de sistema de abastecimento de água nos povoados Jacaré e Ponta do Curral, em Penalva, motivou o Ministério Público do Maranhão a ajuizar Ação Civil Pública por improbidade administrativa contra a ex-prefeira, Maria José Gama Alhadef, e contra a ex-presidente da Comissão Permanente de Licitação, Rosynilde Teixeira Gomes. 

De acordo com a promotora de justiça Cristiane dos Santos Donatini, a licitação na modalidade tomada de preços deveria ser realizada no dia 2 de junho de 2011, às 9h, para a entrega e abertura dos envelopes contendo os documentos para habilitação e a proposta de preços. No dia 1º de junho, a então prefeita decretou feriado municipal no dia seguinte, em virtude de uma festa religiosa.

Em seguida, a ex-presidente da Comissão Permanente de Licitação elaborou e enviou aos concorrentes do certame, por correio eletrônico, um aviso de adiamento para 3 de junho. Na ação, a representante do MPMA destaca que tal medida desrespeita o princípio da publicidade da licitação, frustrando o caráter competitivo do procedimento licitatório.

Na sessão de abertura, apenas duas empresas compareceram: Palmares Construções Ltda e Hsonda Construções. Esta última foi inabilitada, sob a justificativa de falta de comprovação da capacidade técnica e não comprovação do vínculo empregatício do engenheiro civil.

Entretanto, a empresa apresentou o atestado de capacidade e comprovou o cadastro do engenheiro responsável, evidenciando a falta de necessidade da  vinculação empregatícia exigida no edital. "As acusadas, dotadas de má-fé e arbitrariedade, inabilitaram a empresa Hsonda, sendo impossível a apreciação da proposta de preço desta, desrespeitando o princípio do interesse público, bem como o critério da licitação pela escolha do menor preço", afirma, na Ação, a titular da Promotoria de Justiça de Penalva.

PEDIDOS - O MPMA pediu à Justiça a declaração da nulidade do contrato nº 025/2011 firmado entre o Município de Penalva e a empresa Palmares Construções Ltda, em virtude das ilegalidades na licitação.

Também foi solicitado ao Poder Judiciário que condene Maria José Gama Alhadef e Rosynilde Teixeira Gomes à perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio, cujo montante é de R$ 377.411,38; à perda da função pública, se houver; à suspensão dos direitos políticos por oito anos; ao pagamento de multa civil de até dez vezes o valor do dano; à proibição de contratar com o poder público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente.
Por prof: Gilvan

Leia Mais >>

Candidato Eduardo Campos morre em acidente aéreo em São Paulo


A aeronave que carregava o candidato à Presidência faria o trajeto entre o Rio de Janeiro e o Guarujá, quando caiu em Santos.
O candidato à Presidência Eduardo Campos (PSB) está entre os passageiros da aeronave particular que caiu na manhã desta quarta-feira em Santos (SP). A confirmação foi feita pelo deputado federal Júlio Delgado (PSB-MG). Segundo o parlamentar, o candidato e todos os passageiros teriam morrido no acidente. O ex-governador de Pernambuco havia saído do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, para um compromisso no Guarujá (SP). No meio do trajeto, o jato particular caiu próximo ao Canal 3, bairro nobre de Santos, sobre uma academia de ginástica na Rua Vahia de Abreu, no Boqueirão.

A Força Aérea Brasileira (FAB) informou que a aeronave Cessna 560 XL de prefixo PR-AFA se preparava para pousar quando teve de arremeter. Uma equipe do Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA IV) está no local, para iniciar a investigação sobre as causas do acidente. Uma grande nuvem de fumaça foi formada no local. Alguns prédios foram atingidos pela aeronave. Não há informações sobre o estado de saúde das vítimas.

Segundo funcionários da academia, que foi parcialmente atingida, uma pessoa que estava dentro do estabelecimento acabou ferida por estilhaços, mas sem gravidade.
                                            Fotos do local do acidente




Postado por prof: Gilvan

Leia Mais >>

Imagem do dia: Paulinha Lobão e Bita do Barão

bita-e-paulinha-500x375
Apreensiva com o fiasco eleitoral do marido Edinho, a apresentadora Paulinha Lobão aproveitou a passagem pelo município de Codó para pedir proteção e tomar um banho preparado especialmente pelo babalorixá Bita do Barão.
Na foto acima, o mentor espiritual da família Sarney posa ao lado de Paulinha, exibindo um adesivo com o número do candidato da governadora Roseana no peito, mostrando apoio ao concorrente apoiado pela família Sarney.
Foi o Pai Bita foi quem orientou o playboy de Brasília a usar o nome “Lobão Filho”, assim como aconselhou ele a só vestir a cores branca e azul e lançar a candidatura na data destinada ao culto de Ogum – 23 de abril.
Fonte: Blog Marrapá
Por Prof: Gilvan

Leia Mais >>

  ©Blog O folheto - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo