sábado, 24 de junho de 2017

Na Semana do Meio Ambiente empresas se unem no Povoado de 1º Cocal para falar de Preservação Ambiental, Reciclagem e Destinação dos Resíduos Sólidos



No dia 7 de junho vários técnicos ligados as empresas que prestam serviços na Estrada de Ferro Carajás estiveram no Centro Comunitário do Povoado de 1º Cocal, onde ministraram um curso gratuito para a comunidade local abordando os temas: Preservação Ambiental, Reciclagem e Destinação dos Resíduos Sólidos. 

O curso foi ministrado pelos seguintes técnicos: Valfredo Gonçalves - Tec de Meio Ambiente /Pelicano, Thairene Silva - Tec de Meio Ambiente /Consórcio Terraço Comsa, Ney Edson - Auxiliar de meio ambiente/Lucena, Nilde Chagas Gonçalves - Técnica Meio Ambiente/Pelícano, Sidneia Franca - Tec de Meio Ambiente/Progen, Hilda Chagas - Tec de Meio Ambiente/Pelicano, Augusto Fernando dos Santos Campos - Infraestrutura /Lucena.  

Além de membros da comunidade estiveram participando do curso, o Secretário de Meio Ambiente Ribinha do Anajá, o Secretário Adjunto do Meio Ambiente Sebastião Firmino, o Secretário Municipal de Saúde Gilvan Alves e a Diretora da Escola Bandeira Tribuzzi.  
                   
 A coleta seletiva e a reciclagem de lixo têm um papel muito importante para o meio ambiente. Por meio delas, recuperam-se matérias-primas que de outro modo seriam tiradas da natureza. A ameaça de exaustão dos recursos naturais não-renováveis aumenta a necessidade de reaproveitamento dos materiais recicláveis, que são separados na coleta seletiva de lixo”, disse Ribinha do Anajá, Secretário Municipal de Meio Ambiente.

Muitas pessoas confundem coleta seletiva com reciclagem. A coleta seletiva é um sistema de recolhimento de materiais recicláveis como papéis, plásticos, vidros, metais e orgânicos, previamente separados na fonte geradora e que podem ser reutilizados ou encaminhados para a reciclagem. A reciclagem recupera matérias-primas, evitando que, para a produção de novos produtos, sejam tiradas da natureza”, disse Sebastião Firmino, Secretário Adjunto de Meio Ambiente.

O destino final do lixo é um dos agravantes da degradação do meio ambiente, muito se fala em coleta seletiva e reciclagem de resíduos sólidos como alternativas para redução do volume de lixo a ser disposto em aterros ou lixões. A reciclagem permite a diminuição da quantidade de lixo produzido e o reaproveitamento de diversos materiais, ajudando a preservar alguns elementos da natureza no processo de reaproveitamento de materiais já transformados. Os programas de coleta seletiva que se consolidaram vêm se traduzindo também em alternativas de geração de renda para a manutenção e sobrevivência de muitas famílias. Temos, porém, muito a pesquisar e aprender sobre coleta seletiva, como um fator importante para o melhoramento da qualidade e da quantidade dos materiais a serem reciclados. As campanhas educativas contribuem para mobilizar a comunidade, para sua participação efetiva e ativa na implantação da coleta seletiva de resíduos sólidos, separando os materiais recicláveis e/ou reutilizáveis diretamente na fonte de geração. Mas, cabe ressaltar o papel da sociedade em geral no desenvolvimento de projetos de Educação Ambiental, que envolvem a todos nós, levando a idéia de que a reciclagem por si só não pode ser considerada a solução, mas que a mudança de hábitos e atitudes pode levar a sociedade a tomar medidas mais abrangentes, com ações que minimizem a quantidade de resíduos na própria fonte geradora, consumindo menos e reutilizando embalagens descartáveis, por exemplo. Desta forma, acreditando na Educação Ambiental como processo educativo, permanente e contínuo, que visa desenvolver uma filosofia de vida ética e moral, de maior harmonia e respeito com a natureza e entre os homens, propiciando conhecimentos e o exercício da cidadania para uma atuação crítica e consciente dos indivíduos e grupos, temos esta como chave para a implementação de projetos direcionados aos resíduos sólidos”, disse Gilvan Alves, Secretário Municipal de Saúde.              

 Alunos e Técnicos andam pelas ruas do Povoado de 1º Cocal
 Aulas práticas as margens do Rio Tocantins


No dia 8 os técnicos estiveram presentes na Escola Pedro Alves Matias, onde falaram aos alunos sobre as questões ambientais

Por profº. Gilvan

Nenhum comentário:

Postar um comentário